DESTAQUES

sábado, 3 de abril de 2010

Reflexo




Reflexo


Tenho medo do que dizem dos meus olhos!... Dissimulados! Muitas vezes assim são chamados. A noite é quente e o vapor perturba o meu juízo. Julgo e condeno o marasmo como o culpado de todo este meu sofrimento. Irreal, o marasmo não existe em mim. Sou habitado pelo caos.

- Carlos Conrado

Nenhum comentário:

Postar um comentário