DESTAQUES

domingo, 26 de dezembro de 2010

Testemunho

Testemunho

Devo contar a vocês, como me regenerei
Se aqui agora eu cheguei
Foi graças a ter conhecido o Rei
Jesus, eu não conhecia, andava no pecado
A ele eu aborrecia e não me importava
Com o que fosse me acontecer.
Ele sempre me falava: Filho, sem mim
Você não pode vencer. Foi dito certo,
Meu futuro era incerto, muitas vezes
Não tive nada para comer... beber,
Muitas vezes eu bebia, estimulando
Em mim uma falsa alegria.
Assim seguia, tinha muitos amigos,
Mas quem diria, hoje o que me sobrou
Foi uma minoria. Ah! Eu me lembro,
Por muito tempo o rancor, em mim vivia,
Desejava males a minha mãe, meu pai,
A todos que me feria, eu não tinha,
Amor próprio para mim era uma fantasia.
Sofri demais, é claro, eu merecia
Adorava os outros e não a Deus,
Ele eu blasfemava todos os dias.
Ó Pai! Eu me arrependo de tudo!
Sem ti eu vivia no luto puro,
De mim mesmo, pois é,
Viver sem ti é suicídio certo. O verso
Que para o mundo eu fazia,
Hoje serve para te louvar todos os dias.
Obrigado Senhor por esta nova vida.
Sou um jarro novo moldado pelo teu amor.
Agradeço a minha sogra, pois ela me mostrou
O caminho da igreja, ó glória
Foi a escolha certa, valeu pastora
Por me liberar para o louvor,
Valeu Talita por me encontrar na hora certa.
Valeu Jesus! Hoje eu sou mais vencedor.
-Carlos Conrado
2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário