DESTAQUES

sábado, 17 de novembro de 2012

Sobre o conflito na Faixa de Gaza


Sobre o conflito na Faixa de Gaza

Sei que a politica é o motivo que se encontra à frente das câmeras e que a posse de Gaza é fruto da cobiça de ambos os lados, mas este texto fora escrito com intuito de provocar o Espírito do Confronto, e fazê-lo entender que a Paz é um dos maiores tesouros que temos.

De quem é a culpa?...Dos israelitas ou palestinos? Dos mulçumanos ou dos judeus? De Alá ou Jeová?...Onde está escrito: “Fazei carnificina”? No Torá ou no Alcorão? Que importa isto tudo para um ocidental cristão?... E os inocentes, quem são eles? Crianças que brincam com pipas, que brincam com fuzis, que brincam com o ódio sem saberem o porquê; As mulheres que honram seus compromissos, maridos, seus filhos, seu deus e mesmo assim são discriminadas; os homens, fiéis que creem em Alá, em Jeová, em um porvir digno dos seus esforços. Homens revestidos por bombas, armados até os dentes, fazendo valer a voz do Supremo. Homens designados a matar para por ordem nas suas casas, suas terras e no mundo. Tudo porque o deus que acreditam solicitou que os fizessem. Mas desta forma?...Será mesmo que ele pediu para que tudo isto acontecesse?...O que será que ganham agindo assim? Respeito? A Graça do seu deus? A paz?... Tais valores não são adquiridos pela pólvora e sangue. Devemos respeitar o lar dos nossos vizinhos para sermos respeitados!... Devemos respeitar vossas crenças e, se possível, amar a todos como irmãos, pois depois da morte... Aqueles que infringirem o direito da vida estarão sujeitos a uma amarga pena, a qual será escrita nos livros sagrados, a partir dos exemplos que fornecermos hoje!... Irmãos, a comunhão e o amor é a melhor forma de se adquirir a paz e, consequentemente, a graça divina.
Peço a todos por um cessar fogo imediato e, que comecem a repensar seus valores, suas atitudes e, queiram acima de tudo, recuperar o tempo perdido.

Carlos Conrado
Coordenador de Web e Comunicação da ALB/ Suíça.
www.carlosconrado.com
www.conradoemtextos.blogspot.com

Um comentário: