DESTAQUES

terça-feira, 25 de junho de 2013

Equilíbrio


Equilíbrio

A minha fonte de equilíbrio está rasa!... Tal qual um poço angustiado a espera da seca. Investi a fonte do meu equilíbrio na figura de uma companhia, e, ela desequilibrou-se ao estar perto de mim. Busquei entender o funcionamento psíquico da criatura Equilíbrio, e logo descobri, um ser tímido e egoísta fingindo ser autista para continuar morando no solo da minha natureza, desprezando a minha presença e afastando-se, voluntariamente, cada vez mais de mim.

- Carlos Conrado

Nenhum comentário:

Postar um comentário