DESTAQUES

domingo, 14 de agosto de 2016

Navegando no inconsciente



Temos em nós um mar revolto! Por maior que seja a serenidade que externamos, a nossa mente não conhece a mansidão. O inconsciente é tal qual um buraco negro onde nos perdemos facilmente. Não se trata apenas de um lugar em nós onde a razão não tem acesso, um lugar intangível, onde guardamos nossas emoções e outros conteúdos mentais. Neste ambiente, também estão inseridas as nossas memórias reprimidas e/ou esquecidas, nossas intuições e nossas sensações. O inconsciente possui autonomia sobre nós. Mesmo que não queiramos a sua intervenção, sempre está em constante comunicação com o nosso consciente e sinalizadas no comportamento do nosso corpo. Às vezes, ou melhor, quase sempre, até nos governa sem que venhamos perceber.

O inconsciente é o grande pilar dos estudos psicanalíticos. Em sentido objetivo, não seria possível a existência da Psicanálise sem o seu principal e essencial objeto. Ele é o grande responsável pelas dores da psique humana, que são advindas da sua subjetiva existência. Freud considera que o sonho é a vida real do inconsciente. O psicanalista ao buscar tratar as neuroses, toma como partida, a análise e interpretação das forças inconscientes que se manifestam através dos atos falhos, sonhos, histeria, traumas, recalques e outras tantas manifestações advindas do 'baú da inconsciência'. São utilizadas para tornar a nossa vida mais confusa, divertida, dinâmica ou torturante.

                Já dizia o poeta: “Navegar é preciso”. Navegar e investigar o inconsciente” é uma forma de tentarmos tomar as rédeas da nossa conduta social, moral e conhecimento de si mesmo. Embora o conhecimento pleno jamais possa ser desvendado. Desta indagação a Filosofia sabe comungar muito bem. “Conhece-te a ti mesmo.”, em minha humilde interpretação, trata-se de um apelo proferido por Sócrates, para que nunca venhamos nos estagnar. Pois a vida é movimento. Assim, concluo que ela é também tal qual o mar revolto aqui exposto, o qual é preciso ser investigado e conhecido, para que possamos navegar munidos da maior segurança, que é, a meu ver, saber onde estamos e para onde vamos. A nossa mente também semelha ao ambiente em que fomos inseridos como seres existentes, nossa Terra mater, ela não conhece a inércia.

(...)

-Carlos Conrado

2 comentários:

  1. Пружамо лек за лечење различитих здравствених проблема, употребом лека који је дат и зрна може потпуно излечити болест.

    Obat Epilepsi

    Obat Jantung Bocor Anak

    Obat Lipoma

    Obat Gerd

    ResponderExcluir